A TECNOLOGIA

A Cavitação Controlada – CFC™ (Controlled Flow Cavitation) proporciona aumento da superfície de contato nas moléculas para maior interação e eficiência dos insumos (ácido, base e catalisador), com isso, se obtém a redução dos consumos a patamares estequiométricos e até mesmo, em alguns casos, a eliminação de etapas posteriores, por exemplo, a mitigação de sabões (lavagem ou sílica) na neutralização química.

No segmento de Óleos Vegetais e Derivados, o CFC™ é aplicável na neutralização química (pré-tratamento de óleos vegetais ou gorduras animal) e na transesterificação (produção de biodiesel). A tecnologia confere os seguintes benefícios adicionais:

  • RENDIMENTO COMPROVADO

  • ROBUSTEZ

  • CONSUMO ENERGÉTICO EFICIENTE

  • BAIXO INVESTIMENTO E FLEXIBILIDADE DE OPERAÇÃO

Assista ao vídeo

COMO FUNCIONA

  • A cavitação hidrodinâmica pode ocorrer em qualquer fluido turbulento.

    O aumento da velocidade do fluido resulta em redução de pressão, com isso, a pressão de vapor diminui.

    O fluido vaporiza devido à baixa pressão e forma as bolhas da cavitação. Nas extremidades desse fenômeno físico, pequenas quantidades de vapor se soltam. Estas formam bolhas menores, de 100 nm a 3 mm de diâmetro. As bolhas menores implodem sob a alta pressão que as rodeia. Este processo de formação e colapso é chamado de cavitação.

  • A cavitação é um processo extremamente poderoso.

    As condições na bolha colapsante podem atingir 5000⁰C e 1000⁰C por alguns nanossegundos. A implosão ocorre durante o processo de cavitação em milésimos de segundos e libera alta energia cisalhante na forma de ondas de choque. O poder dessas ondas geradas pelo processo de cavitação uniformemente rompe tudo em seu caminho. A característica das ondas, destrutivas ou produtivas, dependerá do projeto da Arisdyne, assim como, do controle da região de cavitação.

  • Como a cavitação hidrodinâmica difere da cavitação ultrassônica?

    A cavitação ultrassônica depende de uma fonte de vibrações. Isto torna a cavitação ultrassônica difícil ou impossível de escalonar e frequentemente cria zonas aquecidas na dispersão/emulsão. As restrições de vazão máxima ou mínima para o sistema CFC™ estão relacionadas à capacidade da bomba de atingir as pressões exigidas e manter a vazão constante através da região de cavitação.

  • O uso do CFC™ implicará maior taxa de desgaste ao meu equipamento??

    Como é de conhecimento da maioria, a cavitação descontrolada é força muito destrutiva. O sistema CFC™ é projetado para produzir somente cavitação controlada. As condições ótimas do processo também protegem seu equipamento contra danos. Na verdade, os sistemas CFC™ são projetados para durar mais tempo, utilizando configuração estática versus dinâmica. Não há partes móveis no dispositivo.

  • E se um dos reagentes for um particulado?

    O CFC™ funciona igualmente bem em reagentes sólidos e líquidos. Os sólidos são fragmentados em pedaços menores (100 µm a 3 µm de diâmetro).Partículas menores conferem uma melhor dispersão e maior área de superfície.
    Muita pesquisa tem sido feita sobre a prevenção da cavitação descontrolada. Essa forma causa danos a sistemas de fluxo turbulento. Entretanto, a tecnologia de cavitação hidrodinâmica patenteada da Arisdyne Systems aproveita o poder da cavitação de forma segura para preservação da vida útil dos equipamentos.
    CFC™ (Controlled Flow Cavitation™) controla a localização, tamanho, densidade e intensidade das implosões de bolhas. O sistema é calibrado para produzir ótimas condições de processo. Ondas de choque resultantes das implosões afetam o fluido do processo circundante. Gotículas ou partículas minúsculas resultam na produção de emulsões e dispersões de alta qualidade.
    Engenheiros estabeleceram que a Cavitação Controlada pode facilmente atingir forças acima de 1000 MPa, 8 a 10 vezes maior do que a simples moagem pode resultar.

A BRPROCESS POSSUI SOLUÇÕES SOB MEDIDA PARA A SUA INDÚSTRIA.

ENTRE EM CONTATO CONOSCO: